Geral

Justiça federal nega pedido de governador do MA para suspender voos ao Estado

A Justiça Federal negou o pedido do governo do Maranhão para suspender voos ao Estado, que teve a primeira confirmação de um caso de coronavírus nesta semana. “A liminar que pedimos à Justiça Federal para interrupção de voos comerciais de passageiros é reforçada pela natureza do primeiro caso confirmado de coronavírus no Maranhão. Infelizmente o juiz considerou que a atribuição pertence ao governo federal”, afirmou neste sábado o governador, Flávio Dino (PCdoB), em postagem no Twitter.

O governador também já tentou monitorar, com servidores estaduais, a entrada de pessoas que chegam pelos aeroportos, mas o Estado também não teve autorização do governo federal para fazer essa ação. Para reduzir a circulação de pessoas no Maranhão e evitar a propagação do coronavírus, Dino decidiu suspender, no dia 19, o transporte interestadual de passageiros via ônibus.

Veja também

+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ Fundador da Ricardo Eletro e filha são presos em operação contra sonegação
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior