Geral

Justiça expede mandado de busca e apreensão do celular de Najila Trindade

Crédito: Divulgação

A modelo Najila Trindade prometeu que entregaria seu celular para autoridades até o dia 11 de junho, mas ainda não deu o aparelho. Por conta disso, a Justiça atendeu uma solicitação da Polícia Civil e expediu mandado de busca e apreensão do celular da mulher que acusa Neymar de estupro. As informações são do UOL.

De acordo com o UOL Esporte, Najila não entregou o telefone, que pode conter informações do caso, para autoridades da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher de São Paulo. A Polícia Civil, então, solicitou à Justiça a busca e apreensão do celular. O Ministério Público se manifestou a favor do pedido apenas para colher dados de conversas entre a modelo com Neymar e com uma amiga.

Najila afirma possuir um vídeo de sete minutos em seu celular, gravado no segundo encontro com Neymar. Um trecho da gravação, de pouco mais de um minuto, foi divulgado com a modelo dando tapas no jogador e reclamando da noite anterior. A recusa em dar o celular para a polícia fez com que o advogado Danilo Garcia de Andrade saísse do caso.