ISTOÉ Gente

Justiça condena Eduardo Costa a pagar R$ 31,5 mil por xingar Fernanda Lima

Justiça condena Eduardo Costa a pagar R$ 31,5 mil por xingar Fernanda Lima

Ministério Público denuncia Eduardo Costa por estelionato, diz site

A Justiça do Rio de Janeiro condenou Eduardo Costa pelo crime de difamação. O cantor xingou Fernanda Lima em 2018, dizendo que a apresentadora do “Amor e Sexo” era “imbecil” e que utilizava “mamata” para apresentar “programa para maconheiro e bandido”.

‘Cachê ridículo’, lembra Juju Salimeni sobre posar nua em revista


BBB22: Durante conversa com Gustavo, Douglas Silva critica Vyni: ‘Falou muito e fez nada’

A responsável pela sentença foi a juíza Maria Tereza Donatti, que escreveu: “Verifico que as consequências do crime foram gravíssimas. Como amplamente demonstrado pela querelante, a politização do seu discurso, pelo querelado, gerou ataques de ódio e ameaças a ela e sua família, causando-lhe danos até hoje”. Eduardo Costa deverá pagar R$ 31,5 mil de indenização à apresentadora.