Geral

Justiça concede liberdade ao bombeiro que atropelou e matou ciclista no Rio

Crédito: Reprodução

A Justiça do Rio de Janeiro concedeu liberdade provisória ao bombeiro João Maurício Correia Passos. O capitão atropelou e matou um ciclista no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio de Janeiro, no dia 11 de janeiro.

Segundo o G1, a decisão foi tomada pelo juiz Roberto Câmara Lacé Brandão da 31ª Câmara Criminal do Rio, e acordada com o Ministério Público. Segundo o magistrado, o crime não prevê prisão preventiva.

“A pena privativa de liberdade máxima, prevista em abstrato para o injusto imputado ao demandado não é superior a 4 anos de reclusão (hipótese que não autoriza a imposição de custódia cautelar preventiva)”, destacou o magistrado.

No dia 11 de janeiro, o bombeiro foi preso em flagrante após atropelar e matar o ciclista Cláudio Leite da Silva, de 57 anos. Imagens obtidas pela polícia mostram o bombeiro aparentemente embriagado, comprando bebidas num posto de gasolina, antes de sair dirigindo.

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago