Geral

Jovens do Vasco lutam, mas perdem para a Portuguesa na estreia dos times no Campeonato Carioca

Time cujo mais velho tem 22 anos tentou, mas saiu atrás no placar e não conseguiu igualar o placar


Era um risco. O Vasco optou por planejar o início da temporada 2021 com um time de jovens contra a Portuguesa. Estreantes, juniores… um time cujo jogador mais velho tinha 22 anos. Não deu. Em São Januário, na noite desta quarta-feira, o time da casa perdeu por 1 a 0.

Equilíbrio
A primeira chance do jogo foi aos 12 minutos, quando Dilsinho se valeu de escanteio para finalizar de cabeça. Mas a bola foi para fora. As chances não foram frequentes, mas Chay cobrou falta aos 23 e Lucão afastou de manchete. A primeira chegada do Cruz-Maltino foi com Gabriel Pec, que não conseguir dar força ao chute de esquerda.

Vacilo, gol
Depois da parada técnica, o ritmo mais organizado da Portuguesa e de pouca eficiência do Vasco prosseguiu. E aos 31, Chay cobrou escanteio, Juninho não deu conta e Dilsinho testou para abrir o placar. Até o fim da primeira etapa, Romarinho teve uma chance e Cayo Tenório, numa tentativa de cruzamento, fez o goleiro trabalhar.

-> Confira a tabela do Campeonato Carioca


+ Após cobertura ser arrematada em leilão, Carlinhos Mendigo se recusa deixar propriedade
+ Mulher desaparecida é encontrada dentro de cobra píton
+ Furão é estrela de vídeo que recria cenas do filme Ratatouille



Mexidas surtem efeito
Era pouco, tanto que o técnico Diogo Siston fez três alterações no intervalo. E logo jogadas começaram a aparecer de todo jeito. O time da casa, mesmo jovem, passou a dominar o jogo: Juninho, Laranjeira, Gabriel Pec… a pressão era por todos os lados.

Lusa cozinha
Para a sorte da Lusa chegaram os 20 minutos e, com eles, a parada técnica. Foi o único modo de o ímpeto cruz-maltino diminuir. Pelo contrário, os visitantes tiveram uma chance que Lucão defendeu, mas o impedimento de Romarinho foi marcado.

Pressão final
Mais experiente, a Lusinha voltou a ditar o ritmo da partida. E quase liquidou a partida aos 32 minutos. Douglas Eskilo fez jogada pela esquerda, mas o chute foi por cima da meta. Dois minutos depois, Andrezinho chutou de fora da área e a bola foi na trave. Pec até teve nova chance, mas, de novo, não conseguiu dar direção à finalização. Já nos acréscimos, Figueiredo chutou cruzado e a bola foi para fora.

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 1 PORTUGUESA-RJ

Estádio: São Januário, em São Paulo (RJ)
Data e hora: 3 de março de 2021, às 21h
Árbitro: Alex Gomes Stefano
Assistentes: Thiago Rosa de Oliveira Esposito e Guilherme Vogas Tavares
Cartões amarelos: Ulisses (VAS); Wellington Cezar (POR)
Cartões vermelhos: Não houve.

GOLS: Dilsinho, aos 31’/1ºT (0-1)

VASCO: Lucão, Cayo Tenório, Ulisses, Miranda e MT (João Pedro, 28’/2ºT); Caio Lopes (Arthur, 35’/2ºT) e Juninho; Gabriel Pec, Lucas Santos (Galarza, Intervalo) e Vinícius (Figueiredo, Intervalo); Tiago Reis (Laranjeira, Intervalo) – Técnico: Diogo Siston.

PORTUGUESA-RJ: Neguetti, Watson (Danilo, 15’/2ºT), Dilsinho, Guerra e Wellington Cezar; Luis Gustavo, Everton Heleno (Muniz, 37’/2ºT), Romarinho (Andrezinho, 37’/2ºT) e Chay; Emerson Carioca (Douglas Eskilo, 29’/2ºT) e Hugo Cabral – Técnico: Felipe Surian.

Veja também

+ Receita simples de bolo Red Velvet
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS