Geral

Vítima de “maníaco de Marituba”, jovem morre em hospital do Pará

Crédito: Reprodução/ Facebook

Jennyfer Karem foi encontrada com sinais de estupro e espancamento no sábado (11) (Crédito: Reprodução/ Facebook)

A jovem Jennyfer Karem da Silva Monteiro morreu na noite desta quarta-feira (22), em Ananindeua, na Grande Belém, Pará. Ela estava internada desde o último dia 11, após ter sido atacada pelo “maníaco de Marituba”. As informações são do jornal Diário Online, do Pará.

Jennyfer foi uma das vítimas do adolescente de 17 anos apreendido na última semana, que confessou ao Ministério Público do Estado do Pará ter estuprado, roubado e matado mulheres na região. Os crimes contaram ainda com a participação de um segundo envolvido.

De acordo com as investigações, a jovem desapareceu após ser contratada para realizar um serviço estético na casa de um cliente em Marituba. Jennyfer foi encontrada desacordada no sábado (11) com sinais de estupro e espancamento.

“Maníaco de Marituba”

A polícia acredita que cerca de 10 mulheres podem ter sido vítimas do “Maníaco de Marituba”. Além de Jennyfer, outra jovem, Samara Mescouto, foi morta na série de crimes. O corpo dela foi encontrado em um terreno próximo à casa do adolescente.

Segundo o Ministério Público, no período de 4 a 11 de janeiro, as jovens foram atraídas pelo adolescente e pelo adulto Jederson Menezes Alves. O adolescente, que já possui antecedentes, foi apreendido pela polícia em Marituba na sua própria casa. No local foram encontrados uma motocicleta, celulares e uma bicicleta.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

As vítimas trabalhavam oferecendo serviços de estética pelas redes sociais. Os dois investigados criaram um perfil feminino falso e se passavam por clientes, marcando um local público para os encontros.

Nesse momento o adolescente chegava de bicicleta ou moto e se dizia esposo da cliente ou mototaxista de confiança designado pela cliente para levar a profissional de beleza até a residência onde ocorreria o atendimento estético. Durante o percurso até a suposta residência, as vítimas eram atacadas e levadas para o mato, onde ocorriam as agressões, estupros e roubos.

Veja também

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?