Geral

Jovem que atacou creche em SC recebe alta e é levado para presídio


Fabiano Kipper Mai, autor do ataque à creche em Saudades, Santa Catarina, recebeu alta hospitalar na manhã desta quarta-feira, 12. Ele saiu do Hospital Regional do Oeste em Chapecó (H.R.O.) por volta das 6h30 e foi encaminhado para o Presídio Regional de Chapecó. Ele permanece isolado dos demais presos.

Segundo nota emitida pelo H.R.O., ele teve boa recuperação durante os sete dias em que permaneceu internado. “Solucionadas todas as lesões causadas pelo próprio paciente; apresenta condições clínicas e cirúrgicas de seguimento ambulatorial”, diz a nota.

Um forte esquema de segurança foi montado para a transferência ainda durante a madrugada. O trajeto do hospital até o presídio, que fica a cerca de 20 quilômetros da unidade hospitalar, durou cerca de 15 minutos.

O jovem, que já estava com prisão preventiva decretada, foi ouvido pela Polícia Civil ainda na segunda-feira, 10, no Hospital Regional do Oeste. Segundo o delegado regional de polícia, Ricardo Casagrande, o interrogatório durou cerca de uma hora. “Ele tinha o direito de permanecer em silêncio, mas decidiu responder todas as perguntas”, afirmou.

Em nota, a Polícia Civil informou que o conteúdo do depoimento será divulgado após finalização do inquérito. Uma coletiva de imprensa deve ser marcada ainda esta semana.

“O teor do interrogatório não pode ser divulgado pois ainda restam alguma diligências a serem adotadas até a finalização do inquérito que deve ocorrer nessa semana” diz a nota.

Na terça-feira, 11, debaixo de chuva, uma cerimônia na creche Pró Infância Aquarela em Saudades lembrou os mortos. Uma missa de 7º de sétimo dia foi realizada na porta da escola e reuniu familiares, professores e funcionários.

A volta às aulas nas redes municipal e estadual em Saudades está programada para o próximo dia 17/05. Já na creche Pro Infância Aquarela, onde os crimes foram cometidos, ainda não há uma data definida para a retomada dos trabalhos. O local deve passar por uma reforma.

Clubes de serviços formados por pessoas da comunidade se uniram e devem auxiliar o município na revitalização do local. Uma empresa doou tintas e a sala onde Fabiano Kipper Mai matou uma professora, uma educadora e três crianças será transformada em um parque infantil.

Segundo a Secretária Municipal de Educação de Saudades, Gisela Ivani Hermann, as obras devem começar nesta quarta-feira.

“A sala onde os crimes foram cometidos será demolida para construção de um playground e vamos realizar uma pintura nova em toda a creche”, afirma.

Enquanto isso, professores, funcionários e pais de alunos estão recebendo atendimento psicológico em uma espécie de preparação para o retorno às atividades na creche. “Esse retorno é gradual, temos consciência de que as crianças precisam de nós,” afirma.

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago