Mundo

Jovem ligado a supremacistas acusado de planejar ataques nos EUA

Jovem ligado a supremacistas acusado de planejar ataques nos EUA

Imagem de Las Vegas, EUA, em 27 de setembro de 2015. - Getty/AFP/Arquivos

Conor Climo, 23 anos, foi detido na quinta-feira, na região de Las Vegas, sob a acusação de posse de componentes para fabricar explosivos e planejar um ataque contra uma sinagoga, informou nesta sexta-feira a promotoria do distrito de Nevada.

O jovem compareceu nesta sexta a uma corte federal de Nevada, após ser preso por agentes do FBI que monitoravam suas conversas online com uma “organização extremista de supremacistas brancos” comprometida com “terrorismo e outros atos violentos”.

A troca de informação entre Climo e os extremistas incluía a fabricação de explosivos e a vigilância a um bar gay, segundo a denúncia.

As autoridades confiscaram na casa de Climo um lap top com desenhos de planos para ataques na área de Las Vegas, e diagramas de explosivos com cronômetros.

Os responsáveis pelo “cumprimento da lei em Nevada permanecem decididos a utilizar todo o peso dos nossos recursos de investigação para prevenir a violência extremista antes que ela ocorra”, declarou o procurador federal Nicholas Trutanich.

Se for condenado, Climo poderá enfrentar uma pena de até dez anos de prisão e multa de 250 mil dólares.

A prisão de Climo ocorre após tiroteios nas cidades de Gilroy, Califórnia; El Paso, Texas; e Dayton, Ohio, que deixaram 35 mortos no total.