Geral

Jovem gay é espancado por grupo em SP

Crédito: Reprodução Facebook

O universitário Lucas Acacio de Souza, de 23 anos, afirma ter sido vítima de homofobia na última sexta-feira 6 ao ser xingado e espancado por seis homens em Santos, no litoral de São Paulo.  A informação é do G1.

O crime só foi comunicado oficialmente à polícia quatro dias depois. Ele e uma amiga, moradores da capital paulista, planejaram passar o fim de semana na cidade litorânea e tiveram os planos interrompidos depois do ocorrido.

Em seu perfil no Facebook, ele fez um desabafo contando sobre o ocorrido. “Tínhamos acabado de sair do mar e fomos ao chuveiro que fica no calçadão para sair da praia e assistir o jogo do Brasil. Eu fui pedir um isqueiro para dois caras que estavam sentados próximos e ali começou tudo: fui xingado e, logo em seguida, mais quatro caras apareceram para me bater”, contou.

Ele disse que não se recorda de detalhes porque ficou desacordado após ser agredido pelo grupo, mas afirma que recebeu socos na cara e no estômago, cotoveladas, joelhadas, além de chutes e tapas.

O universitário registrou a ocorrência na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), do Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), em São Paulo.  Como a vítima afirma não ser capaz de identificar os agressores, imagens de câmeras da orla vão ajudar no caso.