Mundo

Jovem abre fogo em universidade alemã e mata estudante

BERLIM, 24 JAN (ANSA) – Um ataque a tiros em uma universidade na Alemanha deixou uma pessoa morta nesta segunda-feira (24), além do próprio atirador.   

Um estudante de 18 anos abriu fogo durante uma aula de química orgânica na Universidade de Heidelberg, atingindo quatro pessoas. Uma delas, uma jovem de 23 anos, foi baleada na cabeça e não resistiu aos ferimentos.   


Após os disparos, o agressor saiu do edifício e se suicidou.   

“Ainda é muito cedo para falar sobre os motivos”, disse o procurador Andreas Herrgen, mas a imprensa local especula que o assassinato teria sido um crime passional.   

Antes do tiroteio, o atirador enviou uma mensagem de texto para seu pai afirmando que as pessoas tinham de ser “punidas agora”.   

O jovem era um alemão sem antecedentes penais, porém não tinha posse de arma para o fuzil usado no ataque. Ao lado de seu corpo foi encontrada uma mochila contendo outra arma e munições.   

“Hoje é um dia assustador para todos nós. O coração de Heidelberg bate nesse campus”, declarou o prefeito Eckart Wurzner. Já o chanceler Olaf Scholz afirmou estar “chocado” com o ataque. “Corta meu coração ouvir tais notícias”, disse.   

(ANSA).