Os atores José de Abreu Murilo Rosa têm movimentado as redes sociais com uma briga que, agora, deve ser levada à Justiça. Nesse domingo, 2, o apresentador de “A Ponte” expôs sua intenção de processar o veterano da Globo, classificando suas atitudes como “inaceitáveis”.

Entenda como começou a briga

Tudo começou em 2020, quando, em uma live de Murilo, a convidada Maria Zilda relatou que José de Abreu tinha mau hálito durante as gravações da novela “Bebê a Bordo” (1988).

“Ele estava numa fase muito doida. Bebia demais […] Então, cara, quando era cena de beijo… P*rra, a pessoa que fuma pra caramba. A pergunta foi: ‘você já beijou alguém com bafo?’ Já! Era uma coisa insuportável. Evidentemente, ele bebia. Era [cena] externa. Ele suado e já tinha o cheiro do suor, mais o do cigarro, mais o da bebida. Era uma coisa insuportável. O Zé era um bicho”, declarou a atriz.

Na terça-feira, 28, quatro anos depois, José de Abreu resolveu se pronunciar. Em postagens, no X/Twitter, o ator revelou que Maria Zilda teria, supostamente, traído o marido Roberto Talma com ele por anos, além de ter acusado-a de ser uma “atriz fracassada” e de ter o “nariz prejudicado”.

José de Abreu x Murilo Rosa

Em meio à sua defesa, José de Abreu também atacou Murilo Rosa: “Não vou aguentar uma ex-atriz que não detém nenhum respeito entre seus pares dizendo m*rda sobre mim. Ainda mais numa live com outro m*rda que, se fosse digno, teria me defendido. Não é à toa que existe na Globo o verbo ‘murilar’, ou seja, agir como Murilo Rosa. E dele mais não falo, não merece”.

Posteriormente, Murilo rebateu as acusações com uma publicação em seu Instagram, na qual se referiu a José como um “rato” de “olhar invejoso”.

“Lembro quando fui fazer essa linda minissérie e o momento em que, na sala de figurino, já no sul do país, nos Pampas, experimentei pela primeira vez a roupa do Corte Real. Bingo! Vestiu como uma luva. Mas lembro também um olhar estranho vindo de um canto, atento, com um semblante cinzento e uma aura negativa. Essa aura, usando uma capa preta, nos acompanhou durante toda filmagem”, começou, referindo-se à minissérie A Casa das Sete Mulheres (2003).

“Estávamos focados em fazer o nosso melhor, em ir além, em ajudar, contribuir e superar… Jayme Monjardim (diretor) criou um termo carinhoso e até hoje me pergunta ‘onde eu estou ‘murilando'”.

O artista finalizou detonando o comportamento de José de Abreu nos bastidores da TV Globo e enfatizou que o veterano sempre teve um olhar de invejoso. “Do Sul, lembro com carinho das terras onde cavalgávamos e lutávamos com maestria e habilidade. Mas o homem de capa preta não conseguia… tentava, fingia. Corte Real teve seu momento apoteótico, quando este senhor de capa preta chega tarde, atrasado e nitidamente alterado, acusando o Corte Real de ‘roubar cenas’… Era a deixa esperada há tempos para o grande acerto com este homem do olhar invejoso. Ali naquele camarim, quem viu, presenciou um rato se encolhendo em sua insignificância. A vida passa. Passa rápido”, concluiu.

Briga pode ser levada à Justiça

No início da noite de domingo, José de Abreu compartilhou uma foto de Murilo Rosa com seu filho Lucas — que atualmente tem 16 anos, mas, à época do registro, era criança — e seu pai Odair, falecido em 2023, em um jogo do Vasco. “Chupa, Murilo! Só porrada! Hahaha”, escreveu, referindo-se à derrota do time por 6 a 1 contra o Flamengo.

No Instagram, o veterano também compartilhou um post comemorando a vitória do time e escreveu: “Murilo Rosa é vascaíno, hahahhahaha”.

Posteriormente, Murilo retrucou, em seu Instagram. “Caramba, o José de Abreu acaba de postar uma foto minha acompanhado do meu pai, que faleceu há 8 meses, e do meu filho menor de idade. Isso é extremamente baixo e teve a clara intenção de me ofender, de me atacar usando minha família, os meus maiores afetos. Mas não revidarei. Para isso existe justiça cível e criminal”, pontuou.

E finalizou: “O desrespeito com meu filho e com a minha dor da perda do meu pai é inaceitável. A sua resposta virá dos órgãos competentes em todas as esferas”.

Após a postagem, a conta de José de Abreu no X/Twitter foi removida da plataforma.