Mundo

Jornalistas ucranianos são expulsos de cidade controlada pela Rússia, diz sindicato

Jornalistas ucranianos são expulsos de cidade controlada pela Rússia, diz sindicato

Jornalistas ucranianos são expulsos de cidade controlada pela Rússia, diz sindicato

Segundo o Sindicato Nacional de Jornalistas da Ucrânia, quatro profissionais de mídia ucranianos foram retirados, nesta segunda-feira (21), de suas casas em Melitopol, cidade ocupada por tropas russas.

O sindicato denunciou, ainda, que familiares também foram expulsos e levados em direção desconhecida, onde foram libertados horas depois.


Os jornalistas eram todos associados ao Melitopolskie Vedomosti, um jornal local. As vítimas foram o editor aposentado do jornal, Mykhailo Kumko, o editor-chefe, Yevhenia Boryan e dois repórteres, Yulia Olkhovska e Lyubov Chaika.

Anna Medvid, diretora-geral da empresa proprietária do jornal, disse ao sindicato que soldados russos realizaram “conversas preventivas” com jornalistas, na tentativa de convencê-los a colaborar.

Com informações do New York Times