ISTOÉ Gente

Jornalistas se revoltam com prorrogação de redução salarial da RedeTV! e denunciam emissora

Crédito: Claudio Gatti

AÇÃO Amilcare Dallevo Jr. em uma escada da sede da Rede TV!: o presidente diz que monitora tanto a produção de programas como a apuração de notícias (Crédito: Claudio Gatti)

A RedeTV! enviou aos funcionários nesta sexta-feira (16) uma proposta de acordo que prorroga a diminuição do salário em 25%. Segundo informações do Notícias da TV, os jornalistas da emissora ficaram revoltados com a situação de 8 meses no corte das verbas e fizeram uma carta em que denunciam estar sendo coagidos a aceitar a mudança sob pena de demissão.

Música com tema de dólar na cueca rouba cena em “Papo de Política”

Mãe de Paula Fernandes faz aniversário e ganha homenagem da filha

+ “Filho é um inferno e atrapalha”, diz Fábio Porchat sobre não querer ser pai

A medida foi adotada pela RedeTV! por causa da crise econômica causada pela pandemia e, em nota enviada ao Notícias da TV, a emissora afirma que a redução faz parte de uma proposta do Governo Federal. “Qualquer interpretação diferente dessa é apenas uso político pelo sindicato de uma realidade que atinge o país e o mundo.”

Foi realizada uma assembleia com os jornalistas da emissora, em que eles decidiram não assinar os contratos com a redução salarial. Uma carta aberta dos funcionários foi divulgada: “É importante frisar e denunciar que nós temos nos sentido coagidos a assinar esses aditivos contratuais sob ameaça e aceno de que quem não o fizer será demitido. Não podemos aceitar mais esse corte nos vencimentos sob pena de passarmos quase o ano inteiro com rendimentos reduzidos.”

“Se aceitarmos mais essa redução, ao final de 2020, a RedeTV! terá deixado de pagar R$ 6.860,16 para cada um dos jornalistas que ganha em média, com as duas horas extras, o piso de R$ 3.375,59 por mês, mas passa a receber R$ 2.613,35 durante oito meses de redução, com mais um décimo terceiro também menor”, completaram. O Sindicato dos Jornalistas se posicionou, reclamando da medida adotada pela emissora, que é grande e deveria ter o suficiente para fazer o reajuste dos salários depois de alguns meses.

+ Polícia aborda ambulância com sirene ligada e descobre 1,5 tonelada de maconha

 

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel
+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês
+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Educar é mais importante do que colecionar