Televisão

Jornalistas da Record se revoltam com contratação de apresentador gay, diz site

Crédito: Reprodução/Instagram

O jornalista Matheus Ribeiro teve uma saída conturbada da TV Anhanguera, afiliada da Globo em Goiás. Ele deixou a emissora por não concordar com a redução se seu salário em meio à pandemia do novo coronavírus. Matheus ficou conhecido nacionalmente após se tornar o primeiro jornalista assumidamente homossexual a ocupar a bancada do Jornal Nacional.

Após deixar a Globo, ele foi contratado pela Record de Brasília para ancorar o principal o telejornal da emissora. Porém, de acordo com informações do Notícias da TV, futuros colegas de trabalho não aprovaram a contratação e escreveram uma carta de repúdio à sua chegada.

Veja também:
Infectado pelo novo coronavírus, Mumuzinho faz live em hospital
Gabi Pugliesi faz festa na quarentena e recebe crítica de Tatá Werneck

No texto, é dito que a única relevância do apresentador é a orientação sexual, que tomou conta da mídia quando ele apresentou o Jornal Nacional, no ano passado, por conta do aniversário de 50 anos do jornalístico.

Ainda segundo o Notícias da TV, a mensagem tem como principal objetivo mostrar a insatisfação de jornalistas com a demissão de Luiz Carlos Braga, que estava na emissora há 12 anos.


+ Homem que vivia ‘casado’ com a própria filha é preso após polícia investigar agressão contra criança
+ Família de Schumacher coloca mansão à venda por R$ 400 milhões
+ Pão de Queijo: faça uma das receitas mais gostosas do Brasil



O texto diz também que Matheus Ribeiro teria usado a sua orientação sexual para ter atenção da mídia e obter benefício próprio: “Essa Redação, em grande parte, teve o privilégio de conviver com Luiz Carlos Braga por 12 maravilhosos anos. Perde a emissora, ao trocar o certo pelo duvidoso, e perdemos nós. Perdemos o convívio de alguém respeitoso, atencioso, leal e de caráter e reputação ilibadas. Braga nunca precisou de atenção midiática para ter relevância e nunca usou de sua orientação sexual para benefício próprio”.

O Notícias da TV informa também que o conteúdo não chegou às mãos da direção da Record, já que os jornalistas temem sofrer represálias. Os profissionais consideram que as demissões foram arbitrárias, já que viram colegas perdendo emprego por manifestarem descontentamento com as mudanças.

O portal de notícias diz que a Record afirma não ter recebido a carta. Enquanto que Matheus Ribeiro diz não se sentir confortável para comentar algo que não tem conhecimento.

Instagram will load in the frontend.

Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS