Brasil

Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero

Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero

O jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, colunista da IstoÉ, morreu na queda de um helicóptero no Rodoanel no início da tarde desta segunda-feira, 11. A aeronave caiu no quilômetro 7 do Rodoanel, próximo ao acesso à rodovia Anhanguera, próximo a chegada a São Paulo, em cima de um caminhão. No acidente, morreu também o piloto do helicóptero, Ronaldo Quattrucci.

VEJA TAMBÉM: Vídeo mostra helicóptero em chamas após acidente

Mulher de Boechat: “Pior dia da minha vida”

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM. Ele é ganhador de três prêmios Esso e trabalhou no Estado. Entre outros prêmios, o jornalista foi eleito Brasileiro do Ano na categoria Comunicação em 2016, em premiação da Editora Três.

LEIA TAMBÉM:
Ricardo Boechat: No comando da notícia

Pai de seis filhos, Ricardo Boechat atuou em alguns dos principais veículos do Brasil

O piloto Ronaldo Quattrucci e Boechat morreram na hora. A confirmação da morte do jornalista veio da direção de jornalismo da Band. Ele estava voltando de Campinas (interior de SP), onde tinha ido dar uma palestra.

Confira imagens da última palestra que ele participou:

O helicóptero não era da emissora de televisão.

O apresentador José Luiz Datena interrompeu a programação da Band nesta tarde para confirmar a morte de Boechat. Emocionado, Datena disse que ele era “uma pessoa especial” e um dos maiores jornalistas do País.

Acidente

Segundo o Corpo de Bombeiros, a aeronave estaria fazendo um pouso forçado quando foi atingida pelo caminhão que trafegava pela via, no sentido interior, próximo à praça do pedágio. O motorista do caminhão foi socorrido pela concessionária.

Ainda de acordo com os bombeiros, a aeronave que caiu era do modelo BELL PT HPG.

Segundo a ANAC, o helicóptero estava em situação regular.