Coronavírus

Jornalista pega coronavírus após furar quarentena para ver seguidor do Instagram

Crédito: Reprodução/ Facebook

A quarentena tem dificultado os relacionamentos amorosos. No entanto, algumas pessoas acabam furando o distanciamento social para encontrar uma nova paixão. Uma delas é a jornalista carioca Camila de Paula, dona de uma agência de marketing digital, que contraiu o novo coronavírus após encontrar um seguidor pelo Instagram. As informações são da revista Marie Claire.

“Nós nos conhecíamos por redes sociais havia uns dois anos, mas não temos ideia de como fomos parar no perfil um do outro. Ele curtia meus posts de vez em quando, sempre com o maior respeito. Num belo dia, gostei de uma postagem e parei para olhar melhor seu perfil”, contou Camila.

Após alguns dias conversando, eles se encontraram pela primeira vez no dia 29 de março em sua casa, para evitar aglomerações e respeitar o isolamento social. Camila disse que depois deste encontro começaram “um namoro em plena quarentena”.

Segundo Camila, no dia 27 de abril, o novo namorado foi socorrer o ex-sogro após ele passar mal e, dentro de alguns dias, ele começou a sentir sintomas de gripe, como febre. “Um dia ele ficou com muito medo da intensidade da falta de ar e correu até a minha casa. Medimos a sua oxigenação, estava baixa, e corremos para um hospital”. Foi então constatado que ele tinha contraído a Covid-19. “Depois desse episódio, decidimos passar uns dias na casa dele até a doença passar”, disse a jornalista.

Veja também

+ Pronampe: pedidos ao Sicoob somam R$ 500 mi em 1 dia, 41% do limite
+ Leilão tem Camaro por R$ 72 mil e Versa por R$ 22 mil
+ Gafanhotos: Bahia enfrenta nuvem de insetos
+ A história da Rural e da picape F-75, avós dos SUVs brasileiros
+ 5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
+ Hackers brasileiros roubaram dados de clientes em 12 bancos
+ Jovem pede delivery e encontra dedo humano em esfirra
+ Veja 7 incríveis casas na natureza para sonhar
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior