Geral

Jornalista é detido após pichar monumento no centro de SP

Um jornalista foi detido em flagrante depois de atirar ovos com tinta no monumento do apóstolo Paulo, na Praça da Sé, na região central de São Paulo, na madrugada desta quarta-feira, 25 – dia de aniversário da capital paulista. Ele assinou um termo circunstanciado, quando o crime é considerado sem gravidade, e foi liberado.

De acordo com o boletim de ocorrência sobre o fato, o jovem Pedro do Amaral Souza, de 26 anos, foi flagrado por um guarda civil metropolitano (GCM) que atuava na base da praça. O guarda chamou reforço e deteve o jovem. Ele disse ao guarda que “estava protestando contra diversas ações políticas e realizando intervenção artística, mas que protestava principalmente contra o prefeito”, informa o BO.

Foi requisitada perícia no local e o caso foi registrado no 8º Distrito Policial, localizado no Brás, também na região do centro da cidade. A reportagem não conseguiu contato nem com o jovem nem com seu advogado.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ KTM lança a nova e espetacular 1290 Super Adventure S
+ 7 tendências de design de interiores que vão bombar em 2021
+ Chef revela o segredo de como fazer ovos mexidos cremosos de hotel
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!l
+ Boletim médico de apresentador da RedeTV! indica novo sangramento no cérebro
+ Yamaha se despede da SR 400 após 43 anos de produção
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel