Joice Hasselmann e os celulares da família Bolsonaro

Crédito: Gabriel Reis

(Crédito: Gabriel Reis)

Quando soube que o ministro Celso de Mello poderia mandar apreender seu celular, Bolsonaro disse que só o entregaria “se fosse um rato”.

Mas a deputada Joice Hasselmann, ex-aliada do presidente, avisou: “Qual celular será apreendido? Bolsonaro troca de aparelho a cada quatro meses e tem vários. Sem contar que já apagou tudo”, advertiu.

A apreensão de celulares poderia também alcançar os aparelhos de seu filho e vereador, Carlos Bolsonaro.

“O problema é que a esta altura, Carluxo já deve ter jogado o telefone no mar, como fez com o laptop solicitado pela CPMI das Fake News”, lembrou a deputada, que denunciou “os meninos” de Bolsonaro por espalharem notícias falsas na praça.

Veja também

+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ Fundador da Ricardo Eletro e filha são presos em operação contra sonegação
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.