Esportes

Jogo do Rayo Vallecano é suspenso na Espanha por insultos a ucraniano: ‘Nazista’

Crédito: Instagram

O ucraniano Zozulya (Crédito: Instagram)

Uma partida da segunda divisão da Espanha entre Rayo Vallecano e Albacete foi suspensa neste domingo no intervalo após os torcedores utilizarem linguagem insultante ofensiva e mostrarem uma faixa com uma mensagem contra um dos jogadores, informou La Liga, responsável pela organização do torneio.

Veja também

• O campo de extermínio nazista de Auschwitz-Birkenau
• Julgamento do partido neonazista Aurora Dourada se aproxima do fim
• Silvio Santos diz saudação nazista ‘Heil, Hitler’ durante programa

Alguns torcedores no estádio Rayo seguravam uma faixa na qual o ucraniano Roman Zozulya era rotulado de “nazista”. Além disso, gritaram e cantaram: “Zozulya, você é um nazista”, “p… nazista” e “fora de Vallecas”.

De acordo com um comunicado divulgado pela liga, ambas as equipes pediram ao árbitro no intervalo para que não continuassem jogando a partida, que estava com o placar empatado em 0 a 0.

“La Liga expressa seu acordo com a decisão de José Antonio López Toca, o árbitro da partida entre Rayo Vallecano e Albacete, de suspender o encontro diante dos graves insultos e ameaças durante o primeiro tempo contra Roman Zozulya, jogador do clube visitante e diante do pedido das duas equipes no estádio de Vallecas”, diz o comunicado. “Na La Liga, continuamos trabalhando para erradicar a violência, o racismo e a xenofobia nos estádios do futebol profissional espanhol”.

Zozulya ficou por um breve período no Rayo em 2017, em transação que acabou sendo cancelada. Naquela época, os torcedores time não o queriam na equipe por causa de supostas posições políticas de extrema direita, algo que o atleta refutou.

Na época, se descobriram fotos do atleta com simbologias fascista e nazista. Ele alegou, porém, que era apenas um defensor do exército ucraniano no conflito com os pró-russos, negando qualquer simpatia ao nazismo.