Esportes

Bruno Henrique afirma que sua mulher foi agredida após tropeço do Palmeiras

Equipe paulista está na segunda colocação do Brasileiro

Crédito: Reprodução/Instagram

Paraná – Um momento lamentável aconteceu após o empate do Palmeiras contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada. O volante do clube paulista afirmou que a sua esposa foi agredida após o tropeço da equipe em Curitiba. Um grupo de pessoas teria cercado, xingado e empurrado Bhel Dietrich, que estava acompanhada de outros familiares. As informações são do “UOL”.

Mano lamenta tropeços do Palmeiras: ‘Estamos perdendo o campeonato nos empates’

De acordo com o portal, a esposa de Bruno Henrique estava acompanhada de um senhor e uma criança. Em setembro, após a derrota por 3 a 0 para o Flamengo, Bruno Henrique foi cobrado por um torcedor na rua enquanto passeava com a esposa. Na ocasião, Bhel Dietrich discutiu com o homem, que havia chamado o volante de “pipoqueiro”.

Exercício físico com frequência é a melhor coisa que você pode fazer pelo seu cérebro

O empate do Palmeiras, somado à vitória do Flamengo sobre o Fluminense por 2 a 0 mais cedo, fez com que a equipe carioca abrisse uma vantagem de dez pontos na liderança do Campeonato Brasileiro.