João Gilberto vem aí

João Gilberto vem aí

João Gilberto durante um show em agosto de 2008 em São Paulo - AFP/Arquivos

O compositor e cantor João Gilberto, o mais genial violão do Brasil de todos os tempos (e isso em um País que teve, entre outros, Canhoto e Baden Powell), morreu em julho de 2019. Zuza Homem de Mello, o maior estudioso, pesquisador e produtor da música popular brasileira (era desafinado, mas tinha ouvidos que distinguiam nuanças melódicas que ninguém alcançava), partiu em outubro desse ano que chega ao fim. 2021 trará, no entanto, uma obra-prima de Zuza sobre João Gilberto — em forma de livro.

Trata-se da biografia que Zuza deixou pronta (será editada pela Companha das Letras). Em um dos trechos do livro, o autor conta que ouviu João Gilberto pela primeira vez por meio do rádio de seu carro. Corria o ano de 1959, o Dodge era de 1951, e a originalidade da batida do violão de João Gilberto já prometia se eternizar. Perplexo, Zuza estacionou o carro para ouvir melhor. A mesma perplexidade tomou conta de toda uma geração: estava criada a bossa nova. A obra é leitura obrigatória para os amantes da MPB.

Para se ter uma ideia exata da genialidade e criatividade do baiano de Juazeiro no violão, vale lembrar aqui uma história, contada certa vez por Danilo Caymmi, também ele exímio violonista: houve época em que Dorival Caymmi, Baden Powell e o próprio Danilo se reuniam para (cada um com seu violão) decifrar a mágica de João. Danilo deixa claro que jamais conseguiram.

Isso importa? Não. O que conta é que Zuza está nos dando um tesouro — e, como sempre fez em vida, enriquece a nossa cultura musical.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.