Notícia

Japão investigará suspeita de suborno na candidatura de Tóquio 2020

O Japão se comprometeu a interrogar os diretores da candidatura de Tóquio-2020 para determinar se subornos foram pagos no processo de atribuição da sede dos Jogos Olímpicos à capital nipônica.

“Vamos trabalhar para verificar os fatos”, disse o porta-voz do governo, Yoshihide Suga, em entrevista coletiva.


O ministro dos Jogos Olímpicos, Toshiaki Endo, deu a entender em outra entrevista que a Agência dos Esportes pretende ouvir funcionários da prefeitura de Tóquio e do Comitê Olímpico Japonês.

A justiça francesa investiga desde o fim do ano passado suspeitas de corrupção na escolha da capital japonesa como sede dos Jogos de 2020, depois da descoberta de pagamentos suspeitos para uma empresa que pertenceu a um filho do ex-presidente da Federação Internacional de Atletismo (IAAF) Lamine Diack.

As suspeitas envolvem pagamentos de 1,3 milhão de euros, que poderiam ter como procedência a equipe de candidatura de Tóquio, para a empresa Black Tidings de Papa Massata Diack, um dos filhos de Lamine Diack, informou o jornal britânico The Guardian.

kh/tt/fp