ISTOÉ Gente

James Randi, mágico cético e rival de Uri Geller, morre aos 92 anos

Crédito: Reprodução

Em uma nota curta divulgada nesta quarta-feira (21) por sua fundação, foi anunciada a morte de causas naturais do mágico e cético canadense James Randi, aos 92 anos, na terça-feira (20).

“Nós estamos muito tristes em anunciar que James Randi faleceu ontem, devido a causas relacionadas à idade. Ele teve uma vida incrível. Nós sentiremos sua falta. Por favor, respeitem a privacidade de Deyvi Peña durante esse momento difícil”, diz o comunicado da James Randi Educational Foundation.

Deyvi Peña era casado com Randi desde 2013, mas os dois já mantinham um relacionamento há 27 anos antes do mágico revelar ao público que era homossexual.

Randi começou sua carreira como mágico de palco e escapista em meados dos anos 1940, ainda com seu nome real, Randall Zwinge, que posteriormente foi trocado por The Amazing Randi (O Íncrível Randi). Seu talento com o ilusionismo lhe rendeu a oportunidade de apresentar diversos programas de TV. Por conta de seu famoso ceticismo, Randi passou a desafiar outros mágicos e supostos paranormais que diziam possuir poderes como mover objetos e entortar talheres com a força da mente.

Foi assim que começou a grande rivalidade de Randi com o autoproclamado paranormal israelense Uri Geller, que ganhou fama no mundo todo, inclusive no Brasil, ao participar de programas de TV supostamente entortando talheres apenas com o poder da mente.

Em várias oportunidades, Randi repetiu os feitos de Uri Geller demonstrando que não passavam de truques de mágica, de trapaças práticas para enganar a imaginação das pessoas.

Em 1964, Randi criou um desafio em que pagaria mil dólares para qualquer pessoa que comprovasse, seguindo critérios científicos, que possuía poderes paranormais. Como ninguém conseguiu passar no teste, Randi aumentou a quantia para 10 mil dólares. O desafio continuou sem um vencedor.

Em 1996, sua fundação recebeu uma doação de 1 milhão de dólares para que pudesse dar o prêmio a quem  comprovasse possuir poderes paranormais. Em 2015, o desafio de 1 milhão de dólares foi encerrado sem que houvesse um vencedor.

O documentário “An Honest Liar” (2014) conta a história de James Randi desde o início de sua carreira na mágica de palco, passando por seus desafios contra charlatães e falsos paranormais, até detalhes de sua vida amorosa oculta por várias décadas.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel