Esportes

Jair garante estar 100% para reforçar Atlético-MG na ‘Copa do Mundo’ contra Colón

Para muitos críticos, a má fase do Atlético-MG tem como principal motivo a ausência do volante Jair. Recuperado de lesão muscular na coxa, o meio-campista, responsável por organizar a marcação no setor, garante estar 100% para a disputa do jogo de “Copa do Mundo” que será contra o Colón, nesta quinta-feira, no Mineirão, pelo confronto de volta da semifinal da Copa Sul-Americana. Após ser derrotado na Argentina, por 2 a 1, o time mineiro precisa de uma vitória simples para garantir vaga na decisão, tendo em vista o maior peso do gol fora de casa para efeito de desempate.

“É Copa do Mundo para gente. Torcedor vai comparecer, nos apoiar até o fim. Tenho certeza que vamos fazer um excelente jogo”, afirmou Jair. “Estou 100%, sim. Feliz por voltar. Chato machucar nessa altura do ano. É retomar aquilo que a gente vinha fazendo. Estou ansioso para o jogo desta quinta-feira. Fiquei fora esse tempo, fiquei duas semanas, para mim parece que foram dois, três meses. Temos passado confiança um para o outro, estamos unidos, isso é muito importante agora”, disse o jogador.

Jair destaca a importância desta classificação para o Atlético-MG, que acumula seis derrotas consecutivas no Brasileirão, um recorde negativo na história do clube da competição desde quando a mesma passou a ser disputada no formato de pontos corridos, em 2003.

“É jogo mais importante do ano. Para mim, principalmente. Quando cheguei aqui, cheguei com o intuito de escrever meu nome na história do clube, e a gente só faz isso ganhando título. Estamos a dois jogos de um título. Temos que fazer por onde”, afirmou Jair.

Pendurado com dois cartões amarelos, Jair corre o risco de ficar fora da final se receber nova punição da arbitragem nesta quinta-feira. Mas o Atlético ainda precisa assegurar a sua vaga na decisão, que ocorrerá em jogo único, no dia 9 de novembro, em Assunção, no Paraguai.

“Não vou pensar nisso, estar pendurado. Primeiro temos que passar do Colón. Vai ser um jogo duro, vou dar tudo de mim. Se eu não tomar cartão, melhor. Mas vou estar 100% focado. Se tiver que fazer falta, vou fazer. Temos que pensar neste jogo”, garantiu o volante, que aproveitou para indicar como o Atlético-MG deve se comportar na partida.

“Temos que ser agressivos, mas com inteligência. Não vamos fazer o gol de qualquer jeito. Temos que ter paciência, e, nas oportunidades que a gente tiver, temos que matar. É jogo pra impor nosso ritmo, como a gente já fez. Vai dar tudo certo. Nossa competitividade tem que ser muito alta, mas também temos que fazer um jogo inteligente. Placar de 1 a 0 nos leva pra final. Marcar bem e ter paciência pra fazer o primeiro gol e ter tranquilidade no jogo”, receitou.

Além de Jair, outro que pode ganhar uma vaga entre os titulares é Luan, que entrou muito bem na derrota para o Avaí, segunda-feira, em Santa Catarina, pelo Brasileiro. Ele deve ficar com a vaga de Vinícius. O provável Atlético-MG deve contar com Cleiton; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Jair, Elias, Luan, Cazares e Chará; Franco Di Santo.