Brasil

Bolsonaro e ministro criticam versão de Jesus Cristo utilizada pela Mangueira

Crédito: Reprodução YouTube

A releitura da vida de Jesus Cristo feita pela Estação Primeira de Mangueira no seu desfile, no último domingo (23), está dando o que falar. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Luiz Eduardo Ramos, criticaram a versão da escola.

Bolsonaro criticou o enredo da Mangueira enquanto caminhava pela orla em Praia Grande, no litoral paulista. No passeio, transmitido em suas redes sociais, o presidente reclama primeiro do jornal Folha de S. Paulo.

“Vamos ver a reação do povo aí. Um dia vou ter alguma vaia também, né? E a imprensa vai divulgar (risos). A ‘Folha de S.Paulo’, hoje, foi buscar uma imagem no carnaval do Rio, uma imagem de uma escola de samba desacatando as religiões, né? Cristo levando uma batida de policial. Faz uma vinculação comigo. Estão buscando uma imagem no Rio para me atingir”, declarou.

A primeira página da edição desta terça do jornal traz foto do desfile com o título “Mangueira usa imagens de Jesus para criticar Bolsonaro”. De acordo com Bolsonaro, a escola desacatou religiões.

Outro membro do governo, o ministro Luiz Eduardo Ramos também usou as redes sociais para se pronunciar em relação ao desfile da escola de samba carioca.


+ Atleta de Jiu Jitsu morre aos 30 anos de Covid 15 dias após perder o pai pela doença
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



“Sou defensor da liberdade de expressão , valor importante na Democracia !! Mas como Cristão não creio ser razoável usar a figura de Jesus, filho de Deus da forma que a escola de samba Mangueira fez !! Independente dos que acreditam ou não, respeitem os Católicos e Cristãos !!”, escreveu Ramos.

Enredo da Mangueira

A Mangueira abordou um versão moderna da vida de Jesus Cristo no enredo deste ano. Ao longo do desfile, Jesus Cristo foi representado de diversas formas como: índio, mulher e morador de rua. Além disso, um dos trechos do samba enredo da escola critica o armamento da população.

O samba- enredo “A Verdade vos Fará Livre”, diz em determinado trecho: “Favela, pega a visão / Não tem futuro sem partilha / Nem Messias de arma na mão”.

Veja também

+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS