Cultura

Jack Black quer conhecer baixista brasileiro que transforma rock em forró

O músico, ator e comediante Jack Black compartilhou no seu perfil do Instagram um vídeo do baixista brasileiro conhecido como Júnior Bass Groovador tocando uma versão da música Smells Like Teen Spirit em forró. No post, escreveu que está vindo ao Rio de Janeiro para o Rock in Rio e pediu ajuda para entrar em contato com Júnior.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Conhecido como o baixista dançarino e pelo bordão “E aí, galera alto astral”, o músico faz sucesso nas redes sociais e já participou do programa Eliana, do Legendários, Encontro com Fátima Bernardes e do Programa do Ratinho. Um vídeo publicado no canal do Youtube do S Music Estúdios mostra o baixista tocando a música The Final Countdown da banda Europe também na versão forró e já ultrapassou 1 milhão de visualizações.

Junto a Kyle Gass, Jack Black forma a banda Tenacious D, que se apresenta no Palco Mundo do festival no dia 28 de setembro antes de Weezer e Foo Fighters.

Veja também

+ Após foto “com volume” ser derrubada no Instagram, Zé Neto republica imagem usando bermuda

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea