Na noite de domingo (20), Ivete Sangalo usou o seu Instagram para lamentar a marca de 500 mil mortos por conta da pandemia do novo coronavírus no Brasil. Na publicação, a cantora se mostrou indignada com tantas vidas perdidas, mas evitou se posicionar politicamente sobre a crise sanitária, gerada pela má gestão do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Não é natural. Não é uma mentira. É estarrecedor pensar sobre as milhares de vidas ceifadas e dores irreparáveis em torno dessas perdas. Não é sobre partidos, é sobre humanidade”, escreveu Iveta na legenda do post.

Na sequência, ela foi bastante criticada por alguns internautas no Twitter, que questionaram o porquê da artista não direcionar as críticas a Bolsonaro. “Não é sobre partidos” é sobre o que então, dona Ivete Sangalo? Porque se chegamos a essa marca é porque pessoas demoraram pra aceitar a vacina”, disse um usuário.

“Gente, segundo a Ivete, 500 mil mortes não é natural, mas atenção: “não é sobre partidos”, reagiu outro. “Olhei a foto e me surpreendi:’ Ivete se posicionando?’ Quando corro pra legenda nada de diferente”, publicou um terceiro seguidor. Já uma fã disparou: “A ivete até pra lamentar os 500 mil mortos ela se isenta”.

Veja a publicação de Ivete Sangalo:

https://www.instagram.com/p/CQXO9vlnyLh/?utm_source=ig_embed&ig_rid=a70cf708-5e1e-4ba5-b919-be044c38e606

Assine nossa newsletter:

Inscreva-se nas nossas newsletters e receba as principais notícias do dia em seu e-mail


Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias