Esportes

Iury destaca evolução no Renofa Yamaguchi e foca em artilharia

Revelado no Avaí, atacante brasileiro quer ser o maior marcador de gols da Liga J2

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

O atacante Iury, revelado nas divisões de base do Avaí, que hoje está no Renofa Yamaguchi, falou sobre o bom momento que vive com a camisa do clube japonês. Segundo o atleta, que também atuou nos Emirados Árabes, Ucrânia e Arábia Saudita, a meta é melhorar ainda mais o rendimento em campo na época.

– Esse ano tem sido muito especial para mim. Estar no futebol japonês tem feito muito bem para mim. Vou continuar trabalhando muito para melhorar ainda mais meu rendimento em campo com a camisa do clube. Espero que esse segundo semestre seja ainda mais especial para mim e para o clube – disse.

Segundo o jogador, seu objetivo é buscar a artilharia da Liga J2.

– Vou continuar trabalhando muito para ajudar o Renofa e, quem sabe, buscar essa artilharia da Liga J2. Seria muito especial para mim. Vou trabalhar muito para que isso seja possível nos próximos meses.

Veja também

+Após ficar internada, mulher descobre traição da mãe com seu marido: ‘Agora estão casados’

+ Por decisão judicial, Ciro Gomes tem imóvel penhorado em processo com Collor

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea