Economia

Itaú Unibanco reforça quadro em 3,1 mil colaboradores e fecha 2021 com 99,6 mil


Na contramão de seus principais pares, o Itaú Unibanco fechou o ano de 2021 com mais funcionários do que no anterior. Entre dezembro de 2020 e o mesmo mês do ano passado, o conglomerado reforçou seu quadro em 3,1 mil funcionários, elevando o total a 99,6 mil.

De acordo com o Itaú, a alta veio das contratações de assessores de investimento, uma das apostas do banco para atrair investidores pessoas físicas para seus serviços, e também pelo reforço da área de tecnologia.

No Brasil, excluindo-se os funcionários ligados à tecnologia, o Itaú ganhou 500 colaboradores, passando de 72,9 mil no final de 2020 para 73,4 mil no fim do ano passado.

A rede física do banco, porém, encolheu. Foram fechadas 15 agências entre o quarto trimestre de 2020 e o mesmo período de 2021, considerada apenas a operação brasileira, que passou a contar com 3.026 agências físicas. Por outro lado, o banco abriu 28 agências digitais no período. Sua rede de atendimento consolidada, que inclui pontos localizados no exterior, variou pouco: passou de 4.336 no fim de 2020 para 4.335 no fim de 2021.