Economia

Itamaraty avaliará com Agricultura efeito do descredenciamento de indústrias

O Itamaraty disse que vem mantendo estreita coordenação com o Ministério da Agricultura para avaliar o impacto econômico da decisão da Arábia Saudita de desautorizar frigoríficos brasileiros a exportar carne de frango para o país e que vai auxiliar o setor exportador nos contatos com autoridades sanitárias sauditas. Em nota, o Itamaraty destaca que a habilitação de 25 estabelecimentos brasileiros foi confirmada para exportar o produto, “uma vez que foram avaliados satisfatoriamente pela autoridade sanitária saudita (SFDA Saudi Food and Drug Authority), que realizou missão técnica de inspeção em outubro de 2018”.

Conforme a nota ainda, outros 12 estabelecimentos também inspecionados não tiveram sua habilitação renovada de forma imediata, mas poderão ser reabilitados desde que apresentem plano de ação para implementar as adaptações sugeridas pela SFDA em um prazo de 30 dias. “Adicionalmente, estabelecimentos que não foram inspecionados em outubro podem buscar autorização para exportação à Arábia Saudita mediante solicitação direta às autoridades sanitárias daquele país”, disse.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago