Mundo

Italiano contrário à vacina tenta receber dose contra Covid-19 em braço falso


Por Angelo Amante

ROMA (Reuters) – Um homem italiano apareceu em um centro de vacinação usando um braço de silicone falso, na esperança de enganar uma enfermeira para que lhe fosse aplicada a dose para obter o certificado de saúde da Covid-19, disseram as autoridades locais nesta sexta-feira.

O homem, que tem cerca de 50 anos, foi denunciado à polícia da cidade de Biella, no norte do país, disse o governador regional Alberto Cirio, acrescentando que o silicone da prótese no braço parecia “muito semelhante” à pele real.

“(Porém) a cor e o toque levantaram a desconfiança da profissional de saúde, que pediu que mostrasse o braço inteiro”, disse Cirio.

“O incidente seria quase ridículo, não fosse o fato de estarmos falando de um ato extremamente sério”, disse Cirio em uma publicação no Facebook.

A agência de notícias Ansa informou que o homem, que não foi identificado, trabalhava na área da saúde e havia sido suspenso do trabalho por se recusar a se vacinar contra a Covid-19.

A dose é obrigatória a todos os profissionais da saúde na Itália.


Saiba mais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua