Mundo

Itália tem maior nº de casos em uma semana desde fim de maio

SÃO PAULO, 8 AGO (ANSA) – A Itália encerrou esta semana com 2.273 novos casos do coronavírus Sars-CoV-2, maior número para o período desde o fim de maio.   

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

De acordo com o boletim diário do Ministério da Saúde, foram 347 diagnósticos positivos confirmados neste sábado (8), número menor que os 552 de sexta-feira (7), porém maior que os 295 de sete dias atrás.   

A Itália não tinha tantos novos casos em uma mesma semana desde 24 a 30 de maio, com 3.337 contágios. O país soma agora 250.103 pessoas já infectadas durante a pandemia e 35.203 óbitos, após um acréscimo de 13 mortes neste sábado.   

Durante toda a semana, segundo o Ministério da Saúde, foram registrados 57 falecimentos, 12 a mais que nos sete dias anteriores. No entanto, apesar desse crescimento recente, os números continuam longe daqueles vistos no auge da pandemia.   

O recorde semanal de contágios ocorreu entre 22 e 28 de março, com 38.894, enquanto o pico de óbitos foi registrado entre 29 de março e 4 de abril, com 5.339. O primeiro-ministro Giuseppe Conte já descartou um novo lockdown no país, e o governo aposta na testagem em massa para identificar e isolar eventuais focos de disseminação do vírus.   

A Itália também contabiliza 201.947 pacientes curados, o que significa 80,75% das infecções já certificadas, e 12.953 casos ativos, maior número desde 13 de julho (13.157), porém pouco mais de um décimo do pico de 108.257 registrado em 19 de abril.   

Do total de casos ativos, 43 estão internados em UTIs, distribuídos por 12 das 20 regiões do país: Lombardia (nove), Lazio (oito), Vêneto (seis), Emilia-Romagna (quatro), Sicília (quatro), Friuli Veneza Giulia (três), Piemonte (três), Campânia (dois), Abruzzo (um), Calábria (um), Ligúria (um) e Toscana (um). (ANSA).   

Veja também

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea