Mundo

Itália se irrita com Rússia devido a ataques a jornal que questiona ajuda pelo coronavírus

Itália se irrita com Rússia devido a ataques a jornal que questiona ajuda pelo coronavírus

Especialistas do exército russo observam do lado de fora do asilo de Honegger, onde 35 pessoas morreram até agora pela COVID-19, em Lombardia, na Itália - AFP

A Itália lamentou, nesta sexta-feira (03), o “tom inoportuno” da Rússia ao chamar de “russofóbicas” as críticas do jornal italiano La Stampa à ajuda enviada por este país para combater a pandemia de coronavírus.

O caso surgiu devido a dois artigos publicados pelo jornal italiano La Stampa, nos quais questionam se os russos não aproveitaram a ocasião de enviar ajuda para infiltrar agentes de inteligência dentro da equipe de saúde.

“A liberdade de expressão e o direito de criticar são valores fundamentais do nosso país, assim como o direito de resposta, todos dentro dos limites corretos em substância e forma”, diz a nota conjunta dos ministérios da Defesa e das Relações Exteriores da Itália.

“Aos verdadeiros patrocinadores da campanha russofóbica de La Stampa, que conhecemos muito bem, lembro-lhes um antigo ditado: ‘quem cava uma fossa para o próximo acaba nela primeiro'”, afirmou o porta-voz do Ministério da Defesa russo, o general Igor Konashenkov, em comunicado divulgado pela embaixada russa.

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

Veja também

+ Luísa Sonza abre jogo sobre comentários machistas que recebe na internet

+ Marcos sai em defesa de Marcelinho e questiona Casagrande: ‘Que democracia é essa?’

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Simaria posa com vestido sensual e arranca suspiros

+ Namorada de Marco Verratti exibe fotos sensuais

+ Lívia Andrade posa de fio dental

+ Google permite ver animais em 3D com realidade aumentada

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?