Mundo

Itália deve manter toque de recolher no Natal e Ano Novo

ROMA, 30 NOV (ANSA) – O ministro da Saúde da Itália, Roberto Speranza, indicou neste domingo (29) que o governo deve manter o toque de recolher noturno durante as festas de fim de ano para evitar um recrudescimento da pandemia do novo coronavírus.   

A medida está em vigor desde 5 de novembro e proíbe deslocamentos entre 22h e 5h da manhã do dia seguinte, a não ser por “comprovados motivos de trabalho, necessidade ou saúde”. Em entrevista à emissora Mediaset, Speranza defendeu a extensão da restrição.   

“Acredito que sim”, respondeu o ministro ao ser questionado pela apresentadora Barbara D’Urso se o toque de recolher valerá também no Natal e no Réveillon. “É uma norma já vigente, e acredito que deve ser confirmada mais uma vez. É uma das regras que nos permitiu iniciar um percurso gradual e cansativo para achatar a curva”, acrescentou.   

Nos últimos dias, a extrema direita italiana atacou o ministro das Relações Regionais, Francesco Boccia, após ele ter dito que não seria uma heresia realizar a missa do galo, tradicionalmente celebrada à meia-noite de 24 para 25 de dezembro, duas horas mais cedo.   

Para partidos ultraconservadores, Boccia quer “decidir a hora do nascimento de Jesus”. Em sua entrevista à Mediaset, Speranza deixou claro que o toque de recolher, se estiver em vigor, também valerá para a missa de Natal. “Deve ser respeitado por todos. Se tem um toque de recolher, tem um toque de recolher”, disse.   


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

A Itália tem atualmente cerca de 1,6 milhão de casos e 54,9 mil mortes na pandemia, mas a “segunda onda” vem dando sinais de desaceleração por causa das medidas restritivas. (ANSA).   

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel