Mundo

Itália condena iemenita a 14 anos de prisão por terrorismo

MILÃO, 26 NOV (ANSA) – A Oitava Seção do Tribunal de Justiça de Milão condenou nesta quinta-feira (26) o iemenita Mahamad Fathe a 14 anos e meio de prisão por tentativa de homicídio agravada por finalidade terrorista no ataque contra um militar na cidade em 17 de setembro de 2019.   

O jovem havia feito o ataque com uma tesoura na estação central de Milão especificamente contra um militar, que ficou levemente ferido. Na hora da ação, ele gritou a frase “Alá é grande”, usada comumente por extremistas islâmicos em atentados em países ocidentais.   

“Aqui ninguém acredita que ele esteja associado a alguma organização terrorista, mas ele responde pelo agravante porque tinha a finalidade terrorista, ou seja, de causar pânico, assustar a população. […] quem leva uma tesoura para atacar um militar, gritando várias vezes Alá é grande, quer atingir o Estado italiano”, definiu o procurador do caso, Enrico Pavone.   

Durante o depoimento de Fathe, logo após o ataque, o jovem à época da ação com 23 anos, disse que queria “morrer como um mártir”, mas depois se manteve em silencio durante todo o processo.   

A defesa tentou pedir a soltura do rapaz, alegando que ele poderia ter problemas psiquiátricos, mas uma perícia feita por médicos a pedido da justiça local constatou que ele estava “capaz de entender e de querer” cometer seus atos – apesar de citar que ele pode ter sofrido de um episódio de confusão mental.   


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Ainda conforme a decisão judicial, após cumprir a pena, Fathe será expulso do país. (ANSA).   

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel