Por Walmor Parente, subeditor da Coluna

Os ministérios da Defesa e do Ministério das Relações Exteriores terão disponíveis mais de R$ 50 milhões para custear as ações de resgate e ajuda humanitária na região do conflito entre Israel e o grupo Hamas.

O crédito extraordinário está previsto na Medida Provisória (MP 1196/23). A operação “Voltando em Paz” concluiu a repatriação de 1.477 brasileiros e familiares que estavam na região em dez voos da FAB.


Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias