Mundo

Israel reforçará presença militar na Cisjordânia depois de anúncio de Trump

Israel reforçará presença militar na Cisjordânia depois de anúncio de Trump

Forças israelenses se posicionam durante prostestos palestinos em localidade próxima a Ramallah, na Cisjordânia - AFP

O exército israelense anunciou nesta quinta-feira que recorrerá a suas forças suplementares na Cisjordânia, território palestino ocupado, após a decisão do presidente americano Donald Trump de reconhecer Jerusalém como capital de Israel.

Um porta-voz do exército informou que serão enviados batalhões suplementares à Cisjordânia e que outras forças de segurança estão preparadas para intervir, em um contexto no qual o anúncio de Trump provoca o temor de novos confrontos.