Cultura

Irmão de Nicki Minaj é sentenciado a prisão por estupro de menor

O irmão da cantora Nicki Minaj, Jelani Maraj, foi sentenciado a 25 anos de prisão nesta segunda-feira, 27, acusado de estuprar diversas vezes sua enteada.

A vítima tinha 11 anos quando os abusos começaram, em abril de 2015. Maraj se casou com a mãe da garota em agosto de 2015, mas os dois já moravam juntos antes da cerimônia.

O homem de 41 anos está preso desde 2017 quando a Justiça o sentenciou como culpado, e ele recorreu.

Em 2017, a criança falou sobre o caso durante o julgamento, e comentou que Maraj a ameaçou, dizendo que a tiraria da mãe se ela falasse sobre os abusos. Segundo o site TMZ, Nicki Minaj chegou a visitar o irmão na cadeia, mas apenas para apoiar a mãe.

Segundo o Daily Mail, os irmãos eram muito próximos, e Minaj chegou a financiar o casamento do irmão, mas após as denúncias os dois se afastaram. Em 2017, durante o julgamento, a defesa de Maraj chegou a dizer que a cantora iria testemunhar a favor do irmão, mas isso não ocorreu.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Clique aqui

Veja também

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?