ISTOÉ Gente

Irmão de Emicida diz ter sido chamado de ‘macaco’ por segurança no Lollapalooza

Crédito: Reprodução/Twitter

Fióti ao lado de Jorja Smith, cantora que se apresentou no Lollapalooza neste sábado (6) (Crédito: Reprodução/Twitter)

O artista Evandro Fióti, irmão do rapper Emicida, disse em uma rede social que foi alvo de racismo de um segurança no Lollapalooza, no segundo dia de shows do festival.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Fióti alega que foi barrado e xingado em inglês por um segurança da banda Kings of Leon. “Me xingou de macaco. Racista não vai ter vez”, escreveu o artista. Após o desabafo, ele postou uma foto ao lado de Jorja Smith, cantora que se apresentou no festival neste sábado (6).

Segundo ele, o segurança da banda levantou a voz. Ao ser xingado, Fióti se exaltou e disse ter agredido um segurança, mas alega que foi empurrado também. O artista disse que tinha pulseira para passar pelo backstage e seu acesso foi negado.

Procurada pelo site G1 para comentar o relato de Fióti, a assessoria de imprensa do Lollapalooza não respondeu.

Veja também

+Cidadania divulga calendário de pagamentos da extensão do auxílio emergencial

+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea