ISTOÉ Gente

Irmã de Gabigol se revolta com nudes que recebe e desabafa: “É nojento”

Crédito: Reprodução/Instagram

Dhiovanna Barbosa, irmã do jogador Gabigol, atacante do Flamengo, usou as redes sociais para expor a sua revolta quanto aos nudes que tem recebido em suas mensagens particulares: “Estou vindo aqui falar uma coisa superchata. Quando fico no Instagram é para esquecer os problemas que estou tendo. Só que aí, vou ler meus directs e tem gente me mandando nudes. Homens. Dá vontade de postar para ver se a pessoa para de ser nojenta”.

A garota diz também que bloqueia as contas, mas mesmo assim segue recebendo nudes de outros perfis. “Pelo amor de Deus, não tem respeito, gente que faz esse tipo de coisa com quem é maior de idade e tem conhecimento das coisas, deve também mandar para quem é menor. Larguem de ser escrotos. Isso é falta de respeito, é assédio, é nojento”, desabafou.

Por fim, ela fala ainda que boa parte das mensagens são enviadas por homens comprometidos: “Homens casados, que namoram… eu também namoro, então não tem respeito com ninguém, mano. E não é porque a pessoa é famosa, pública, que ela tem que aceitar isso. Críticas tudo bem, mas esse tipo de coisa não. E ainda fala que eu tenho que aceitar esse tipo de coisa”.

Recentemente, Dhiovanna chamou atenção na mídia por ter compartilhado uma foto na mansão do irmão, Gabriel Barbosa, atacante do Flamengo.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ 10 coisas que os pais fazem em público que envergonham os filhos
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel