Mundo

Irã anuncia liberação de petroleiro sueco de bandeira britânica

Irã anuncia liberação de petroleiro sueco de bandeira britânica

(Arquivo) O petroleiro sueco de bandeira britânica "Stena Impero", ancorado em frente ao porto iraniano de Bandar Abbas - Mizan News Agency/AFP/Arquivos

O porta-voz do governo do Irã, Ali Rabiei, anunciou nesta segunda-feira a liberação do petroleiro sueco de bandeira britânica que estava retido desde julho pelo Irã no estreito de Ormuz.

“O processo legal terminou e as condições para liberar o petroleiro foram cumpridas. O petroleiro está livre para partir”, afirmou Rabiei.

O “Stena Impero” pertence a uma empresa sueca, mas tem bandeira britânica.

O Irã interceptou o petroleiro em 19 de julho no estreito de Ormuz. O “Stena Impero” foi levado ao porto iraniano de Bandar Abbas.

De acordo com a Guarda Revolucionária, a embarcação não respeitou o código marítimo internacional e bateu em um pesqueiro.

A retenção do navio aconteceu 15 dias depois do petroleiro iraniano “Grace 1” passar pela mesma situação em Gibraltar, interceptado pelas autoridades do Reino Unido.

Gibraltar ordenou a detenção do navio por suspeita de que o petroleiro transportava combustível para a Síria, o que violaria as sanções europeias contra este país.

As autoridades iranianas negaram que a captura do “Stena Impero” tenha sido uma represália pelo que aconteceu com o “Grace 1”.

Em 18 de agosto, as autoridades britânicas autorizaram a saída do “Grace 1”, apesar dos pedidos dos Estados Unidos por uma prorrogação da detenção.