Mundo

Irã anuncia detenção de opositor ‘dirigido’ pela inteligência francesa

Irã anuncia detenção de opositor ‘dirigido’ pela inteligência francesa

A Guarda Revolucionária do Irã anunciou nesta segunda-feira a detenção de um opositor que morava no exílio e que receberia instruções do serviço de espionagem francês - AFP/Arquivos

A Guarda Revolucionária do Irã anunciou nesta segunda-feira a detenção de um opositor que morava no exílio e que receberia instruções do serviço de espionagem francês.

Rouhollah Zam foi detido em uma operação “muito elaborada e profissional”, afirma um comunicado divulgado pelo exército ideológico e de elite da República Islâmica do Irã, que não revela o local e a data da detenção.

Zam administrava um canal no Telegram, chamado Amadnews, que foi fechado pela plataforma de mensagens criptografadas em 2018 a pedido das autoridades iranianas, que consideravam “contrarrevolucionário”.

Este canal foi acusado por Teerã de desempenhar um papel ativo nos protestos do inverno de 2017-18, classificados pelo Irã de “sedição”.

Zam “caiu em uma armadilha”, apesar do fato de ser “dirigido pelos serviços de inteligência franceses e apoiado pelos dos Estados Unidos e do regime sionista (Israel)”, afirma a nota da Guarda Revolucionária.

Os agentes responsáveis por monitorá-lo utilizaram “métodos de inteligência modernos e táticas astutas”, completa o comunicado.

“Uma operação de grande envergadura, demonstra a derrota dos serviços de inteligência do inimigo”, afirma o texto.