Agronegócio

INTL FCStone: 1ª safra 2018/19 de milho no Brasil é revisada para 28,3 mi de t

São Paulo, 3 – A consultoria INTL FCStone elevou as suas previsões de produção de milho tanto na primeira como na segunda safra do Brasil em 2018/19. Para a safra de verão, a FCStone elevou a projeção de colheita, de 28 milhões de toneladas para 28,3 milhões de toneladas. Segundo a consultoria, houve ajuste na produtividade do cereal no Paraná e em Santa Catarina.

Para a segunda safra, a FCStone aumentou a previsão de 66,391 milhões de toneladas para 68,5 milhões de toneladas. “Além do plantio mais cedo do milho safrinha, o clima foi e continua sendo bastante favorável ao desenvolvimento das lavouras. Assim, caso esse nível de produção seja confirmado, configurará um recorde de produção no inverno”, observou a analista de mercado da INTL FCStone, Ana Luiza Lodi, em nota.

Com os ajustes, a produção total das duas safras foi revisada pela consultoria de 94,4 milhões de toneladas para 96,8 milhões de toneladas. A produção do País em 2017/18 foi de 80,8 milhões de toneladas.

A projeção de exportação foi mantida em 32 milhões de toneladas, volume, que se confirmado, será recorde. Entretanto, a INTL FCStone ponderou que a competição do cereal brasileiro no mercado externo tende a ser acirrada, com Argentina, Ucrânia e EUA.