Esportes

Internazionale passa sufoco e só elimina Empoli na Copa da Itália na prorrogação

O Empoli quase surpreendeu a Internazionale nas oitavas de final da Copa da Itália em pleno Giuseppe Meazza, em Milão. O pequeno visitante vencia no tempo normal até os acréscimos, quando cedeu o empate. Na prorrogação, uma saída errada custou caro e a favorita garantiu a vaga com sofrido triunfo por 3 a 2.

A jornada parecia tranquila para a Inter quando Alexis Sánchez, com somente 13 minutos, abriu o marcador. Dez minutos após perder Correa, com lesão muscular, a Inter viu o chileno balançar as redes e deixar o time em vantagem. Apesar de ter outras chances, o placar seguiu sem modificações até o término do primeiro tempo.


Eis que veio uma dura segunda etapa para os comandados de Simone Inzaghi. Em um rápido contragolpe, Bajrami deixou tudo igual. O empate que já era ruim deu tons de drama aos campeões italianos quando uma cabeçada no travessão de Cutrone bateu em Ranu e se transformou em vantagem ao Empoli.

Restavam poucos minutos para a Inter evitar o vexame. A equipe foi com tudo para cima e, nos acréscimos, festejou o empate com golaço de voleio de Rannochia. Seriam mais 30 minutos de prorrogação para o Empoli buscar um resultado histórico ou a Inter confirmar sua força.

E a maior experiência pesou. Com domínio total da prorrogação, a equipe neurazzuri chegou à vantagem após saída errada da defesa do Empoli. Sánchez recuperou e rolou na entrada da área para Senai mandar um chutaço e espantar a zebra.

No outro jogo do dia pelas oitavas da Copa da Itália, o Sassuolo avançou graças a gol solitário de Harroui na vitória sobre o Cagliari, por 1 a 0.