O Dia

Internautas percebem referências ao governo Bolsonaro em série da Globo

'Filhos da Pátria' foi ao ar na noite desta terça-feira

Crédito: Reprodução/ TV Globo

Atriz Fernanda Torres faz sinal de arminha durante cena de "Filhos da Pátria" (Crédito: Reprodução/ TV Globo)

Rio – O episódio desta terça-feira da série “Filhos da Pátria”, exibida pela Globo, chamou atenção dos internautas. Muitas pessoas repararam em referências ao governo Bolsonaro. A série exibiu frases como “acabou a mamata”, “menino veste azul e menina veste rosa” e também teve uma personagem fazendo o gesto de arminhas com a mão.

Em uma das cenas, militares cercaram o palácio onde vivia o presidente Washington Luis, com o objetivo de tirá-lo do poder. Neste momento, um dos tenentes da 1ª Brigada de Cavalaria diz: “A nossa República caiu. Acabou a mamata, a corrupção, os conchavos, troca de favores, o cabide de empregos”.

Uma das cenas mostra a personagem Maria Teresa (Fernanda Torres) espantada ao ver o filho vestido com roupas de mulher. “Deus, porque não me fulminas. Eu criei os meus filhos para serem cordeiros seus e eles se transformam em ovelhas negras. Menino veste azul, menina veste rosa”, diz a personagem.

O impeachment de Dilma Rousseff (PT), que aconteceu em 2016, também foi lembrado pela série quando Maria Teresa faz um panelaço e pede a saída de Washington Luis usando a frase “tchau, querido”.

“Quem é esse barbado que querem tirar fora?”, pergunta Maria Teresa que, ao escutar que se trata de Washington Luis, insiste. “E pode tirar um presidente assim só porque o povo quer? Adorei isso. ‘Não gostei de você, rua’.Tchau, barbado. Tchau, querido”.

Os internautas comentaram as referências nas redes sociais.