Ediçao Da Semana

Nº 2743 - 19/08/22 Leia mais

O presidente Jair Bolsonaro (PL) está sendo detonado nas redes sociais. Após a invasão da Ucrânia por tropas russas e enquanto a tensão bélica entre a Rússia, internautas pediram, por meio do Twitter, que o político não se manifeste sobre o conflito temendo consequências diplomáticas negativas

Na manhã desta quinta-feira (24), a quantidade de publicações desse teor passava de 60 mil.

“Só espero que o Bolsonaro não veja, não comente, simplesmente não reaja de forma alguma, apenas fique calado, em completo silêncio”, escreveu um usuário em uma publicação com mais de três mil curtidas no Twitter. “Precisamos fazer uma corrente de oração para que o Bolsonaro fique calado pelas próximas semanas”, disse um usuário.

“Que o Bolsonaro não invente de se meter nessa guerra entre Rússia e Ucrânia”, diz uma publicação com cerca de 7 mil curtidas. “Indo dormir com esperança de acordar e não ver nenhuma notícia falando que o presidente se meteu no meio de uma guerra mundial”, reagiu outro.

Rússia X Ucrânia

Na madrugada desta quinta-feira (24), a Rússia iniciou uma operação militar de invasão da Ucrânia. Após o início das mobilizações russas, houve registro de explosões e ataques a unidades de fronteiras ucranianas, além de movimentações de tanques.

As ofensivas da Rússia fizeram as sirenes de emergência dispararem na Ucrânia e o presidente Volodymyr Zelensky adotar lei marcial no país.