Esportes

Internacional sofre pressão no Beira-Rio e empata sem gols com o Cuiabá


A crise e o clima tenso permanecem no estádio Beira-Rio. Neste sábado à noite, o Internacional não fez uma boa apresentação em casa, foi até dominado pelo Cuiabá e acabou empatando sem gols, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro. A torcida está cada vez mais insatisfeita, tanto que protestou antes e depois do jogo.

Mesmo contando com o retorno de Paolo Guerrero – o centroavante não jogava desde o dia 26 de maio -, recuperado de uma artroscopia no joelho direito, o Internacional criou poucas chances de gol e fez uma partida com quase nenhuma inspiração.

O empate deixa o Internacional na 14.ª colocação, com 15 pontos e confirma o péssimo desempenho do time gaúcho no Beira-Rio neste Brasileiro. Dos 21 pontos que disputou em casa, ganhou apenas seis. Em Porto Alegre, de sete jogos disputados, venceu apenas um (Juventude), empatou três (Sport e Ceará, além do Cuiabá) e perdeu três (Atlético-MG, Palmeiras, São Paulo). O Cuiabá tem 13 pontos, na 15ª posição e segue sua campanha de recuperação.

Pela 15.ª rodada, no sábado (dia 7), o Cuiabá receberá o Bahia, na Arena Pantanal. O Internacional jogará no domingo (dia 8) diante do Flamengo, no Maracanã.

O Cuiabá começou de forma mais incisiva com duas finalizações. Após isso, o Inter passou a controlar o jogo. O time gaúcho, porém, demonstrava nervosismo em campo, com isso a bola pouco chegou aos atacantes no primeiro tempo.

Mesmo assim, teve duas chances. Aos 25 minutos, a defesa do Cuiabá afastou mal o cruzamento de Moisés e Caio Vidal finalizou cara a cara, mas Uillian Correia desviou para escanteio em cima da hora. Aos 34, teve a chance de abrir o placar com Palacios, após passe de Edenílson, mas Walter fez boa defesa. No final do primeiro tempo, o Cuiabá quase marcou com Clayson.

No segundo tempo, o Cuiabá também começou agredindo. Antes dos sete minutos chegou duas vezes com perigo, com Jenilson e Clayson. O Internacional voltou muito morno para campo e pouco chegava ao ataque.

Mais objetivo e usando a velocidade, o Cuiabá foi melhor na etapa final e criou as melhores chances de gol. Aos 25, Osman pegou de sem-pulo e exigiu grande defesa de Daniel. Aos 38, Marllon completou de cabeça escanteio cobrado por Clayson e quase marcou. No final, para confirmar a partida nervosa, o Internacional ainda viu o lateral-esquerdo Moisés ser expulso.

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL 0 x 0 CUIABÁ

INTERNACIONAL – Daniel; Saravia, Bruno Méndez, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson e Maurício (Caio Vidal)(Paulo Vitor); Palacios (Boschila), Taison e Paolo Guerrero (Vinícius Mello). Técnico: Diego Aguirre.

CUIABÁ – Walter; João Lucas, Marlon, Paulão e Uendel; Uillian Corrêa (Yuri Lima), Camilo (Osman), Pepê e Clayson (Felipe Marques); Jenilson (Rafael Papagaio) e Rafael Gava (Auremir). Técnico: Jorginho Campos.

CARTÕES AMARELOS – Victor Cuesta (Inter); Paulão, Clayson e Osman (Cuiabá).



CARTÃO VERMELHO – Moisés (Inter).

ÁRBITRO – Paulo César Zanovelli (MG).

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

Veja também
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio