Esportes

Inter empata com o Juventude no Beira-Rio na estreia de Guto Ferreira

Nem mesmo a estreia do técnico Guto Ferreira, que deixou o Bahia para substituir o demitido Antônio Carlos Zago, foi suficiente para acabar com a má fase do Internacional. Sob muitas vaias da torcida, o time apenas empatou com o Juventude, por 1 a 1, na noite deste sábado, no estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre. O duelo foi válido pela quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O Inter acumulou seu terceiro jogo sem vitória na competição. O resultado mantém o time longe do G4, com apenas cinco pontos, na décima posição. O time de Caxias do Sul, por outro lado, assumiu o terceiro lugar, com oito pontos.

Novamente o Inter apresentou os problemas de outros jogos no primeiro tempo. Sem criatividade do meio para frente, o time rodou a bola sem conseguir penetrar a defesa adversária. Os visitantes, aliás, criaram a melhor chance aos 43 minutos. O atacante Caprini dividiu com o goleiro Danilo Fernandes, ficou com o rebote e bateu de virada. O volante Edenilson salvou em cima da linha.

Após um primeiro tempo sofrível, o Inter conseguiu abrir o placar logo aos dois minutos da segunda etapa. Após troca de passes do lateral Carlinhos e do atacante Carlos de cabeça, a bola ficou com o atacante Nico López, que soltou uma bomba de canhota. A bola entrou no canto esquerdo da meta defendida por Matheus Cavichioli.

O gol deu mais tranquilidade para o time da casa, que conseguiu controlar o jogo com segurança até os minutos finais. Mas aos 38 levou o empate. O meia Juninho Silva cruzou da direita e o atacante Tiago Marques subiu alto para cabecear paras redes.

Na próxima terça-feira, às 20h30, o Internacional volta a campo para enfrentar o Figueirense, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Enquanto isso, o Juventude encara o Criciúma, no mesmo dia, às 19h15, no Alfredo Jaconi, em Caxias.

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL 1 X 1 JUVENTUDE

INTERNACIONAL – Danilo Fernandes; Junio (Fabinho), Léo Ortiz, Victor Cuesta e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Edenilson, Uendel (Carlos) e D’Alessandro; William Pottker e Nico López (Eduardo Sasha). Técnico: Guto Ferreira.

JUVENTUDE – Matheus Cavichioli; Vinícius (Micael), Domingues, Ruan Renato e Bruno Collaço; Fahel (Diego Felipe), Lucas, Juninho Silva, Leílson e Caprini (Ramon); Tiago Marques. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

GOLS – Nico López, aos dois, e Tiago Marques, aos 38 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Marcelo Aparecido de Souza (SP)

CARTÕES AMARELOS Uendel, D’Alessandro e Edenilson (Internacional); Bruno Collaço e Leílson (Juventude).

RENDA – R$ 396.893.

PÚBLICO – 16.252 pagantes (18.626 torcedores).

LOCAL – Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior