Esportes

Inter de Milão bate a Sampdoria e lidera o Italiano com 100% após seis rodadas

A Inter de Milão continua irresistível neste início de temporada no Campeonato Italiano. A equipe manteve os 100% de aproveitamento na competição ao bater a Sampdoria, em Gênova, por 3 a 1, neste sábado. Com gols de Sensi, Alexis Sánchez e Gagliardini, o time comandado pelo técnico Antonio Conte chegou à sexta vitória em seis rodadas, alcançando os 18 pontos na tabela de classificação, dois a mais que a atual octocampeã Juventus, que vem em segundo.

De olho no jogo de quarta-feira contra o Barcelona, pela Liga dos Campeões da Europa, Antonio Conte decidiu iniciar a partida com a dupla de ataque formada pelo argentino Lautaro Martinez e Alexis Sánchez, deixando o belga Romelu Lukaku inicialmente no banco de reservas.

Veja também

+ Humvee está à venda pronto para as ruas (ou para a guerra)
+ Kawasaki Vulcan pode ganhar motor turbo da Ninja H2
+ Lordstown Motors lança picape elétrica Endurance nos EUA
+ Gracyanne Barbosa dança muito e encanta com rebolado
+ Honda lança concurso de customização da CB650R
+ A parceira de Elon Musk, Grimes está vendendo sua alma por US $ 10 milhões

Sánchez, por sinal, foi o maior personagem da partida no estádio Luigi Ferraris. Contratado por empréstimo junto ao Manchester United em agosto, o atacante chileno marcou o seu primeiro gol com a camisa da Inter de Milão, mas em contrapartida acabou expulso do jogo.

O camisa 7 também participou do primeiro gol do jogo, marcado por Stefano Sensi. O volante arriscou um chute de muito longe aos 20 minutos da primeira etapa. A bola desviou no atacante e morreu no canto direito do goleiro Emil Audero.

Demorou apenas mais dois minutos para que o time visitante ampliasse a vantagem. Com um toque de bola de paciência, a jogada da Inter de Milão terminou com novo chute desferido à distância por Sensi. A tentativa saiu mascada, mas Sánchez surgiu livre para completar para o gol, enquanto a defesa da Sampdoria pedia impedimento.

O confronto indicava um desenrolar tranquilo para a líder do campeonato na volta do intervalo, até que Sánchez, após tomar o segundo cartão amarelo na partida por simulação, acabou expulso, logo a um minuto da etapa final. Com um a menos, aos 10 minutos, a situação pareceu se complicar ainda mais para os visitantes quando o checo Jakub Jankto acertou um chute próximo ao limite esquerdo da grande área e descontou para o time de Gênova.

Um minuto depois, pensando em melhorar sua capacidade de recomposição ofensiva, Conte pôs em campo Lukaku no lugar de Lautaro Martinez. O camisa 9 precisou de apenas cinco minutos em campo para participar da articulação da jogada do terceiro gol. O lance terminou com o meio-campista Gagliardini pegando rebote de Handanovic após arremate da intermediária do croata Marcelo Brozovic.

Na próxima rodada, a Internazionale tentará o sétimo triunfo em sequência recebendo justamente a vice-líder Juventus, no domingo, dia 6, em clássico nacional e confronto direto pela ponta do campeonato.

Em outro jogo deste sábado, a Atalanta não tomou conhecimento do Sassuolo e mesmo fora de casa goleou por 4 a 1, com os quatro gols marcados ainda no primeiro tempo. O meia Papu Gomez foi o destaque ao balançar as redes por duas vezes e teve a ajuda do centroavante colombiano Duván Zapata e do meia Robin Gosens, autores dos outros tentos – Gregoire Defrel descontou na segunda etapa.

Na tabela de classificação, a Atalanta subiu para a terceira colocação com 13 pontos, enquanto que o Sassuolo ocupa a 10.ª posição, com seis.