Comportamento

Intelectual uigur e jovens dos Bálcãs vencem o prêmio Vaclav Havel

Intelectual uigur e jovens dos Bálcãs vencem o prêmio Vaclav Havel

(Arquivo) O intelectual uigur Ilham Tohti, em Pequim - AFP/Arquivos


O intelectual uigur detido Ilham Tohti e a Iniciativa de Jovens para os Direitos Humanos, que trabalha pela reconciliação nos Bálcãs, venceram o prêmio de Direitos Humanos Vaclav Havel 2019, anunciou nesta segunda-feira o Conselho da Europa.

Ilham Tohti, condenado em 2014 pela justiça chinesa à prisão perpétua por separatismo, é membro da etnia muçulmana uigur, majoritária em Xinjiang, uma grande região do noroeste da China.

A decisão em agosto de incluir seu nome na lista de finalistas para o prêmio irritou Pequim, que acusou o Conselho da Europea, uma organização de defesa dos direitos humanos, de “apoiar o terrorismo”.

A Iniciativa de Jovens para os Direitos Humanos, criada em 2003, “promove a reconciliação estabelecendo vínculos entre jovens dos Bálcãs de diversos grupos étnicos, regiões e países para evitar o ressurgimento do conflito étnico”, indicou o Conselho.

O prêmio Vaclav Havel, criado em 2013 e dotado com 60.000 euros, recompensa as ações excepcionais da sociedade civil em defesa dos direitos humanos.


+ MS: Homem que revelou amante pouco antes de ser intubado deixa UTI-covid
+ Ratinho critica Dudu Camargo: ‘Só o Silvio gosta dele’



Em 2018, o vencedor foi Oiub Titiev, diretor na Chechênia da ONG russa Memorial, que em junho recebeu a liberdade provisória, depois de passar 18 meses preso.

Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Descoberta no deserto do Kalahari leva a revisão da origem humana
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS